Close

4 de janeiro de 2018

Como mudar de um lubrificante convencional para um lubrificante próprio para a indústria alimentícia.

lubrificante convencional para um lubrificante próprio para a indústria alimentícia

lubrificante convencional para um lubrificante próprio para a indústria alimentíciaRecomendamos efetuar a substituição durante uma paragem regular para manutenção.

Todas as peças a serem lubrificadas têm que ser limpas e controladas para eliminar quaisquer resíduos. Para a limpeza é aconselhável um produto de limpeza autorizado para a indústria alimentícia (p. ex., OKS 2650 com registo NSF A1) ou um produto de limpeza que evapora sem deixar resíduos (p. ex., OKS 2670 / 2671 com registo NSF K1 / K3).

Os valores limite necessários para a respetiva instalação têm que ser definidos em pontos de controlo críticos segundo o método HACCP.

Mudança no caso de lubrificação

O óleo deve sair, tanto quanto possível, à temperatura de serviço. Após a descarga de óleo costumam ficar no sistema cerca de 10% do volume de enchimento de óleo usado, partículas de desgaste e produtos de oxidação. Em seguida, o sistema deve ser cuidadosamente limpo. Aqui há que prestar especial atenção a depósitos, circuitos de lubrificação central, caixas de engrenagens e outros que tais. Em seguida, atesta-se o respetivo óleo de serviço e opera-se o sistema a temperaturas de trabalho normais. Para reduzir a sujidade do novo lubrificante registado como NSF, recomenda-se a utilização de um óleo de limpeza.

Mudança no caso de lubrificação com graxa
Após a limpeza, encher a instalação com a quantidade necessária da respetiva graxa OKS.

Se não for possível desmontar e limpar a instalação, a nova graxa pode ser aplicada ao efetuar-se a relubrificação. O intervalo de relubrificação tem que ser reduzido em comparação com o prazo de relubrificação habitual, para fazer sair a graxa usada.

Por favor tomar cuidado para os mancais não ficarem excessivamente cheios e ser possível escoar a graxa usada. Além disso, é preciso tomar cuidado para o novo lubrificante ser compatível com o usado.